Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Fotografia - Miroslav Ticht

_, a photo by Flörence on Flickr. O fotógrafo tcheco Miroslav Tichy(1926-2011) foi pintor até o final dos anos 1960. A partir de então, tornou-se fotógrafo. Tichy fazia suas próprias câmeras, com tubos de papelão, latas e outros restos materiais. Retratava mulheres que, na maioria dos casos, não sabiam que estavam sendo fotografadas. Seu foco suave revela visões fugazes das mulheres de Kyjov (sua cidade natal), distorcidas, manchadas, imperfeitas, pelas limitações do seu equipamento mas também por uma série deliberada de erros de processamento, com a intenção de adicionar imperfeições poéticas.




Etimologia das palavras - Albergue

Os guerreiros germânicos estabeleciam-se com suas tropas em acampamentos que chamavam haribaírgo, palavra formada por harjis (exército) e baírgan (conservar, guardar), ou seja, "lugar onde se alberga o exército". O vocábulo germânico converteu-se em alemão antigo em heriberga, que evoluiu até o atual Herberge. Nas línguas europeias, haribaírgo derivou-se até o italiano albergo, o francês auberge, o espanhol e o português albergue.


Fonte: elcastellano.org


Fotógrafo - David Pond

fire in the hills....., a photo by pondage on Flickr. Hoje compartilho esta linda foto - Fogo nas Montanhas.

Artes Visuais - Joaquim do Rego Monteiro

Joaquim do Rego Monteiro, pintor, desenhista e ilustrador, nascido no Recife em 1903, mas que vivia na França, em Paris, local onde morreu, em 1934, vítima de tuberculose. Deixou pequeno acervo de obras, porém marcado pela originalidade e elevado nível estético. Não se tem muita informação sobre a vida do artista bem como sobre as características de sua  pintura. Pode-se dizer que fazia paisagem e pinturas de gênero.
Fonte:Itaú Cultural

Etimologia - Oráculo

Na antiga Grécia, oráculos eram os lugares nos quais os sacerdotes e pitonisas davam a conhecer as respostas dos deuses às consultas que lhes haviam sido feitas. A palavra era usada também para designar o local das profecias. Atualmente, oráculo é usado também em nossa língua para denominar àquele que é ouvido por todos em virtude da sabedoria que lhe é atribuída. O oráculo mais antigo e famoso da Grécia foi o de Delfos, situado no sopé do Monte Parnaso, em frente do golfo de Corinto. Segundo a tradição, o oráculo havia pertencido primeiro a Gaia, a Mãe da Terra, porém esta o deu a Apolo ou, segundo outras versões, ele o roubou. Os segredos do oráculo eram revelados aos homens pela sacerdotisa Pytho (daí a origem da palavra pitonisa). Homero, que viveu no século IX a.C., segundo a hipótese mais aceita, já conhecia o oráculo, estabelecido por essa época em uma colônia de Micenas. Essa crença tornou-se pan-helênica somente entre os séculos VII e VI a.C., quando os legisladores começaram a…

Gengibre, um remédio milagroso!

Se você sente enjoos em viagens de barco, aviões, automóveis ou em qualquer outro lugar, ou sofre de náusea ocasionalmente, experimente o gengibre, o remédio mais seguro, antigo e eficaz contra enjoo do qual se tem notícia. Parece funcionar basicamente no sistema digestivo, e não no cérebro, e não provoca efeitos colaterais desagradáveis, como a sonolência. Os séculos de uso, os depoimentos de quem usa e os estudos científicos deixam claro que o gengibre combate todos os tipos de náuseas. A raiz do gengibre ou, mais precisamente, o rizoma (caule subterrâneo) da planta gengibre vem sendo usado na China, Índia e outros países asiáticos há 25 séculos, para ajudar a digestão e aliviar a náusea e é amplamente aceita como medicamento contra enjoo pelas autoridades e profissionais de saúde em muitos outros países.
Oba! Eu, que sinto muitas náuseas sempre que faço algum passeio de barco, agora não vou mais marear!
Extraído destesite 


Fotógrafa - Ellen

Fallen leaves, a photo by ellenm1 on Flickr. Foto da semana, da fotógrafa Ellen, de Ann Arbor, MI, USA.


Recife - Edifício Califórnia!

O edifício Califórnia, na Av. Boa Viagem, começou a ser construído em 1958 e foi inaugurado em 1960. Assinado por Acácio Borsoi, um importante arquiteto brasileiro, marcou um ciclo de construção de grandes obras na cidade do Recife. Foi um dos primeiros arranha-céus da cidade (o mais alto da época), juntamente com o Ed. Acaiacas, de 1958, este também na Av. Boa Viagem, e o Ed. Holiday, de 1957, na rua Salgueiro c/ Navegantes, também uma localização privilegiada do bairro de Boa Viagem, prédios arrojados e modernos que inauguraram um novo estilo de morar. O Califórnia atualmente está restaurado, após um longo período de descuido e decadência, mas o Holiday continua em estado de total decadência.

Pode sentar, fique à vontade!

Etimologia das palavras - Dignidade

Dignidade significaqualidade de digno. A palavra origina-se do latim dignitas, dignitatis, procedente da raiz indo-europeia dek-, vinculada a docencia, decoração e dogma. Com o afixo -no-, essa raiz originou o significado de 'dignidade'. Em Latim, Cícero dizia nec dignitatem et deese nec gratiam (que não lhe faltem os títulos nem o favor).

Verbete no Priberam on-line: dignidade
(latim dignitas, -atis

s. f.
1. Qualidade de digno.
2. Modo digno de proceder. 3. Procedimento que atrai o respeito dos outros. 4. Brio; gravidade. 5. Cargo ou título de alta graduação. 6. Honraria. 7. [Antigo]  Dignitário.
Fonte: elcastellano.org e Priberam


Leon Cakoff

Hoje tomei a liberdade de blogar publicação do blog Come-se, que anuncia a morte desse homem que foi o fundador da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, realizada anualmente desde 1997, da qual tive a oportunidade de participar algumas vezes, como espectadora.

come-se: Leon Cakoff fez diferença: Não sei para o resto do mundo, mas para mim a morte do Leon Cakoff causou mais comoção que aquela outra. Senti falta dele nas aberturas dos...

Uns dias de descanso...

Fiquei uns dias ausente aqui no blog... me dei duas semanas de férias na terra dos croissants... tão bom!!! Já voltei há quase uma semana, mas estava sem pique, ou vontade, ou inspiração ou tempo para escrever. Acho até que ainda estou, mas... eis-me aqui!

Cena urbana... uma tentativa de sedução!

Hoje testemunhei um diálogo muito interessante, enquanto aguardava o sinal de pedestres verdejar, após a minha caminhada/corrida no calçadão da Av. Boa Viagem. Então, um rapaz, que trabalha na praia, em barraca de bebidas, (eles aguardam os banhistas atravessarem o semáforo e os convidam a sentar-se em suas cadeiras com guarda-sóis) estava no sinal junto a uma bonita garota morena, de cabelos grandes e cacheados . O diálogo assim se desenvolvia:
Moça: Eu não quero ser uma destruidora de lares
Rapaz: Tem nada a ver, tu acha que eu não tenho condições de manter duas famílias?
Moça: Pode até ter, mas eu é que não quero.
Aí, em seguida ela soltou os cabelos cacheados, disse que ia cortar, ele retrucou imediatamente que não, que ela não fizesse uma coisa dessas, que ele não ia permitir...
Aí, o sinal verdejou, eu atravessei a avenida e segui o meu caminho.